7ª Série

Olá alunos daS 7 séries A, B e C. Estão disponibilizados  diversos conteúdos interessantes. Aproveitem e bons estudos

VÍDEOS SOBRE SISTEMA ENDÓCRINO E SISTEMA NERVOSO

 

Olá pessoal! Aqui estão os vídeos que estão sendo utilizados em aula. Todos estão no youtube e portanto só poderão ser acessados de locais que possam acessá-lo. Para baixar o texto sobre os sistemas de controle do corpo humano clique no arquivo abaixo:

 

SISTEMAS DE CONTROLE DAS FUNÇÕES CORPORAIS.dot (214,5 kB)
SISTEMAS DE CONTROLE DAS FUNÇÕES CORPORAIS.pdf (270,1 kB)

 

 

Sistema endócrino

 

Parte 1: http://www.youtube.com/watch?v=U_vuzQ56voY

Parte 2:http://www.youtube.com/watch?v=t-nA0ARc_mA&feature=related

parte 3:http://www.youtube.com/watch?v=jtfQOs5MPb8&feature=related 

 

Sistema nervoso:

 

Parte 1: http://www.youtube.com/watch?v=0OpLBFiThu4

Parte 2: http://www.youtube.com/watch?v=abmTg0sePio&feature=related

Parte 3: http://www.youtube.com/watch?v=i9Bn3JLvA8c&feature=related

 

 

Sinapse

 

http://www.youtube.com/watch?v=KdFSdOrBRiM&feature=related

 

APRESENTAÇÃO SOBRE O PRAZER, AS DROGAS E O VÍCIO

 

Olá Pessoal!

 

Aqui está a apresentação do Lucas e do Paulo

 

Abraços e bom trabalho

 

aula estágio ciencias.ppt (4 MB)

 

TEXTO SOBRE O ABORTO E SOBRE OS SISTEMAS DE CONTROLE DAS FUNÇÕES DO ORGANISMO HUMANO

 

Olá pessoal!

 

Aqui estão os textos para serem trabalhados em sala de aula. O texto sobre o aborto será utilizado na atividade do debate. No caso do outro, as questões propostas deverão ser respondidas e entregues no prazo combinado em sala de aula.

 

Abraços a todos

 

O que é o aborto.dot (72,5 kB)
SISTEMAS DE CONTROLE DAS FUNÇÕES CORPORAIS.dot (214,5 kB)

 

Filme Philadelphia

 

Olá Pessoal!

 

Aqui está o link para o download do filme Philadelphia. O link direciona para o site Megaupload.

 

 

Também tem este outro vídeo que fala especificamente sobre a doença, focando a transmissão, tratamentos, prevenção, etc. Muito bom para relembrar os aspectos importantes.

 

http://www.youtube.com/watch?v=-3OiM31t2mE

 

 

Abraços

 

 

REPRODUÇÃO HUMANA - TEXTO BASE

 

Olá queridos alunos!

 

O texto base que utilizaremos neste módulo será o do site: How stuf works - "Como as Coisas Funcionam ".

 

Vocês deverão adentrar nos seguintes tópicos disponibilizados no link acima:

 

Neste artigo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Para Facilitar ainda mais assistam os seguintes vídeos:

 

Ciclo menstrual:

 

http://www.youtube.com/watch?v=0Dox0ZOdPJk  - Excelente e bastante didático 

 

http://www.youtube.com/watch?v=dXhgCGs45Ig&feature=related - Utilizado em sala de aula: importante para observar o gráfico da variação da concentração hormonal ao longo do ciclo menstrual 

 

 

SOBRE AS DSTs

 

Este site possui várias informações sobre as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs)

 

http://www.dst.com.br/

 

 

Lembrem-se, as principais são:

 

Cancro Duro (Sífilis)
Cancro Mole
Candidíase 
Herpes Simples Genital
Gonorréia
Condiloma acuminado/HPV
Hepatite B
AIDS

 

 Lembro a todos que estudaremos AIDS no quarto bimestre! Caso queiram dar uma olhada, o link está acima.

 

 

http://www.youtube.com/watch?v=fLCAqQqEtNI&feature=related - Está é legal - o RAP da prevenção 

 

Letra: (Deu um trabalhão! Transcrevi ela inteira!)

 

 

RAP DA PREVENÇÃO

 

Minha amiga meu ouvinte

Um recado para você

Agora vou te contar o que é DST

Parece complicado mas nada é impossível

DST é uma doença sexualmente transmissível

 

Pode ser uma ardência , Uma coceira no lugar

Pode ser um molhadinho mais difícil de secar

Gonorréia, cancro mole, sífilis, crista de galo

Nome feio ou engraçado, se transmite pelo falo

Você pega pelo outro que pega de outra pessoa

E é melhor ficar atento que pega, e se pega a toa!

Te pega, te pega, te pega a toa!

 

(Refrão)

 

É bem melhor prevenir do que se remediar

É botar a camisinha que a coisa chega pra lá!

Com doença desse tipo

Não é coisa de brincar

É usando camisinha que coisa chega pra lá

É  melhor se  prevenir do que se remediar

É usando  a camisinha que a coisa chega pra lá!

Com doença desse tipo, não é coisa de brincar

É usando  a camisinha que a coisa chega pra lá!

 

 

Tudo isso acontece, mas se pode controlar

Consultando o doutor sem vergonha de mostrar

Assim fica bem melhor pois eu vou te revelar

Tem a AIDS que é pior, porque essa é de matar

Mata homem, mata mulher

Enquanto a cura não tem

Só não mata a esperança se você quiser

 

Diga NÃO!

 

Vá embora  com seu “dog” deixe ele ficar na mão

Sua vida é importante pode “me” acreditar

Nem segundos, nem instantes deixe de se cuidar

Qualquer pessoa pode ser infectada

Pode ser passada da mãe para o bebê

Durante a gravidez o pré-natal tem que fazer

Camisinha você tem que usar!

Não pode vacilar!

Tem que usar, se não o vírus você vai pegar!

Pegar, pegar, pegar , pegar...

 

(Refrão)

 

Na hora da injeção, peça agulha nova!

Essa é a condição pra ficar longe da cova

Na hora da transfusão, peça sangue testado !

Crie muita confusão se isso for negado

Na hora de ir para a cama, camisinha outra vez

Pode ser com namorado, amigo, doido ou freguês

E se o cabra reclamar, explique a situação

Preto, branco ou chinês, o negócio é dizer NÃO!

E se vc desconfiar que o marido te traiu,

Mande usar a camisinha, sabe-se lá com quem saiu!

Ele pode ter doença e você não quer pegar

Qualquer que seja a crença, não adianta só rezar

Rezar, rezar

 

(Refrão)

 

Definição de Sangue

 

sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em uma pessoa normal sadia, cerca de 45% do volume de seu sangue são células (a maioria de glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas).

O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.

Este movimento circulatório do sangue ocorre devido à atividade coordenada do coração, pulmões e das paredes dos vasos sanguíneos. O sangue transporta ainda muitos sais e substâncias orgânicas dissolvidas.

No interior de muitos ossos, há cavidades preenchidas por um tecido macio, a medula óssea vermelha, onde são produzidas as células do sangue: hemácias, leucócitos e plaquetas.

Respiração

Respiração.

 

Veja o seguinte arquivo:

alveolos pulmonares.swf (266 kB)

 

 

Plaquetas

As plaquetas são pequenas massas protoplásticas anucleares, que aderem à superfície interna da parede dos vasos sanguíneos no lugar de uma lesão e fecham o defeito da parede vascular. Tem cerca de 200.000 a 300.000 plaquetas, denominadas trombócitos, no sangue.

 

Glóbulos Brancos

No sangue, temos de 5.000 a 10.000 corpúsculos ou glóbulos brancos(células brancas do sangue), que recebem o nome de leucócitos. De 4.000 a 11.000 glóbulos brancos por mm3. São de vários tipos principais:

  • Neutrófilos - Que fagocitam e destroem bactérias. São portanto Fagócitos.
  • Monócitos - Que digerem substâncias estranhas não bacterianas. São portanto Fagócitos.
  • Linfócitos - Que desempenham um papel importante na produção de anticorpos e na imunidade celular;

 

Veja o seguinte arquivo:

 

 sangue_MO.swf (62,7 kB)

 

 

Veja também os seguintes vídeos para relebrar do mecanismo da resposta imunológica:

 

http://www.youtube.com/watch?v=XkazuEZfcDQ

 

 

 

 O Sistema Excretor

excreção

Função 
   

    O aparelho excretor é um conjunto de órgãos que produzem e excretam a urina, o principal líquido de excreção do organismo. Os dois rins filtram todas as substâncias da corrente sanguínea, estes resíduos formam parte da urina que passa, de forma contínua, pelos ureteres até à bexiga.
    Depois de armazenada na bexiga, a urina passa por um conduto denominado uretra até o exterior do organismo. A saída da urina produz-se pelo relaxamento involuntário de um esfíncter que se localiza entre a bexiga e a uretra e também pela abertura voluntária de um esfíncter na uretra.

Excreção
    Excreção é o processo pelo qual eliminam substâncias nitrogenadas tóxicas (denominadas excretas ou excreções que provêm principalmente da degradação de aminoácidos ingeridos no alimento), produzidas durante o metabolismo celular.

 

 

Ureia

A ureia é a principal excreta, sendo eliminada dissolvida em água, formando a urina. Por terem a ureia como principal excreta, os homens são chamados de ureotélicos.

Rins - Vista externa e em corte

 Os rins, são duas glândulas de cor vermelha escura colocadas simetricamente nos lados da coluna vertebral, na região lombar. Medem 10 cm de largura e pesam cerca de 150 gr cada um. O peritoneo, membrana serosa que cobre a superfície interior do abdómen, prende-os fortemente contra a parede abdominal. A extremidade superior de cada rim é coberta por uma glândula endócrina, a glândula supra-renal.

    O sangue que vai se depurar passa pela artéria renal até os rins e sai pela veia renal, debaixo do envoltório granuloso formado pelos glóbulos glomérulos de Malpighi. Tais glomérulos são constituídos por capilares sanguíneos, arteríolas, e envoltos na cápsula de Bowman, que é uma bolsa que continua com o tubo urífero. Cada rim contém dois milhões destes tubos, agrupados em feixes piramidais, são os que contém a urina, a qual passa a pélvis renal e daí aos uréteres, que são o conduto excretor do rim que comunica a pélvis com a bexiga.

    A bexiga tem um comprimento aproximado de uns 30cm e um diâmetro de 5mm. Nela se deposita a urina até o momento de sua expulsão ao exterior.

Esquema do sistema urinário

 

 

Formação de urina O sangue chega ao rim pela artéria renal que se ramifica em numerosos capilares.
O rim extrai deste sangue água e substâncias prejudiciais em excesso formando assim a urina.
O sangue purificado passa para a veia renal saindo do rim.
A urina assim formada passa aos ureteres e desce à bexiga onde é armazenada
Quando a bexiga se enche sentimos vontade de urinar
A urina sai da bexiga através da uretra.

Suor
    O suor é um líquido produzido pelas glândulas sudoríparas, que se encontra na pele. Existem cerca de dois milhões de glândulas sudoríparas espalhadas por nosso corpo; grande parte delas localiza-se na fronte, nas axilas, na palma das mãos e na planta dos pés.
    O suor contém principalmente água, além de outras substâncias, como ureia, ácido úrico e cloreto de sódio (o sal de cozinha). As substâncias contidas no suor são retiradas do sangue pelas glândulas sudoríparas. Através de canal excretor - o duto sudoríparo -, elas chegam até a superfície da pele, saindo pelos poros. Eliminando o suor, a actividade das glândulas sudoríparas contribui para a manutenção da temperatura do corpo.

    O homem é um animal homoeotérmico, isto é, mantém a temperatura do corpo praticamente constante, ao redor de 36,5°C. Quando praticamos algum exercício físico (futebol, corrida, levantamento de objectos pesados, etc.), a grande actividade muscular produz muito calor e a temperatura do corpo tende a aumentar. então eliminamos suor; a água contida no suor se evapora na pele, provocando uma redução na temperatura do ar que a circunda. Isso favorece as perdas de calor do corpo para o ambiente, fato que contribui para a manutenção da temperatura do nosso corpo.

 

 

 

Formação do suor

 

O suor é o produto de excreção da pela
É fabricado nas glândulas sudoríparas, abundantes nas palmas das mãos, plantas dos pés e axilas. São compostas por tubos enrolados à volta dos quais se encontram capilares sanguíneos.
As glândulas sudoríparas situam-se na derme abrindo à superfície da epiderme através de um poro.

 

 

Tente abrir o seguinte arquivo:

 

Excrecao.swf (499,3 kB)

                                                                                           

 

 

 Sistema Respiratório

 

Através do sistema respiratório o organismo humano realiza as trocas gasosas, eliminando o gás carbônico e absorvendo o oxigênio. Esse processo envolve diversas estruturas, sendo: o nariz (as narinas), a faringe, a laringe, a traquéia, os brônquios e os alvéolos pulmonares. 



Cada uma dessas estruturas possui especializações relacionadas à função que desempenham, por exemplo: no interior das narinas é secretado um muco polissacarídeo que, associado à presença de pelos, auxiliam na defesa do organismo, impedindo a entrada de impurezas (filtrando o ar), retendo partículas indesejáveis e microorganismos patogênicos. 

Após inspirado, entrando pelas narinas (cavidade nasal), o ar passa para a faringe, uma região que comunica o sistema digestório ao respiratório através de uma válvula denominada epiglote. 

Durante o processo respiratório, a epiglote permite a passagem de ar de forma a não fechar a abertura de acesso à laringe em relação à glote. Em seguida, o ar inspirado atinge então a região da laringe (estrutura formada por cartilagem), local onde se encontra as cordas vocais que proporcionam a voz, a partir da emissão de uma corrente de ar que vibra as pregas vocais produzindo o som. 

Imediatamente o ar percorre a traquéia, que se divide (bifurca) em dois ramos chamados brônquios, um em direção ao pulmão direito (que contém três lóbulos) e o outro para o pulmão esquerdo (com dois lóbulos). Dos brônquios partem numerosos canalículos (os bronquíolos), e em suas terminações encontram-se os alvéolos. 

Nos alvéolos ocorre a hematose, processo em que os gases se difundem de acordo com o gradiente de concentração (do meio de maior concentração para o de menor concentração), ou seja: o maior teor de gás carbônico presente no sangue venoso se difunde dos capilares pulmonares para o interior dos alvéolos; e o maior teor de oxigênio no interior dos alvéolos se difunde para os capilares pulmonares, onde o O2 é assimilado pelos íons ferro presentes na molécula de hemoglobina contida nas hemácias, as células sanguineas responsáveis pelo transporte do oxigênio no sangue. Veja o vídeo abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=WXOBJEXxNEo

 

O gás carbônico é então eliminado por meio da expiração, efetuando o percurso inverso ao da inspiração: alvéolos, bronquíolos, brônquios, traquéia, laringe, faringe, cavidade nasal, narinas e meio externo. 

Todo esse processo ocorre em conseqüência ao movimento periódico da musculatura do diafragma e também de músculos que, interligados às costelas (músculos intercostais), harmonizam uma alteração do volume torácico: 

- Na situação de contração do diafragma (deslocando-se para baixo) e relaxamento dos músculos intercostais (expansão das costelas), a cavidade torácica tem seu volume aumentado, proporcionando uma baixa pressão no interior do pulmão, o que resulta na entrada de ar (rico em oxigênio); 

- Na situação de relaxamento do diafragma (deslocamento para cima) e contração dos músculos intercostais (retração das costelas), a cavidade torácica tem seu volume diminuído, proporcionando uma alta pressão no interior do pulmão, resultando na saída de ar (rico em gás carbônico).

Videos  relacionados ao sistema respiratório:

 

parte 1:

http://www.youtube.com/watch?v=rzd8UBIXJOk

 

 

Parte 2

http://www.youtube.com/watch?v=bc5JawEm0GQ&feature=related

 

 

Parte 3

http://www.youtube.com/watch?v=WBKXNcHSYu4&feature=related

 

 

Tentem acessar acessar o seguinte arquivo:

 

SistemaRespiratorio.swf (769,4 kB)

 

 

SISTEMA CIRCULATÓRIO HUMANO

 

sistema circulatório é constituído por: coraçãovasos sanguíneos (artériasveias e capilares). É o responsável, através do transporte do sangue, pela condução, distribuição e remoção das mais diversas substâncias dos e para os tecidos do corpo. Também, é essencial à comunicação entre vários tecidos; 

Funcionamento do Sistema Circulatório

Em anatomia e fisiologia,  o sistema circulatório é percorrido pelo sangue através das artérias, dos capilares e das veias. Este trajeto começa e termina no coração. O aparelho circulatório é responsável pelo fornecimento de oxigênio, substâncias nutritivas e hormônios aos tecidos; além disso, também exerce a função de transportar os produtos finais do metabolismo (excretas como CO2 e uréia) até os órgãos responsáveis por sua eliminação.

circulação inicia-se no princípio da vida fetal. Calcula-se que uma porção determinada de sangue complete seu trajeto em um período aproximado de um minuto.

Vasos sanguíneos

Os vasos sanguíneos são tubos pelo qual o sangue circula. Há três tipos principais: as artérias, que levam sangue do coração ao corpo; as veias, que o reconduzem ao coração; e os capilares, que ligam artérias e veias. Num circulo completo, o sangue passa pelo coração duas vezes: primeiro rumo ao corpo; depois rumo aos pulmões.

Vasos Sanguíneos: Veia, Artéria, Capilar.

Coração (o centro funcional)

O aparelho circulatório é formado por um sistema fechado de vasos sanguíneos, cujo centro funcional é o coração. O coração bombeia sangue para todo o corpo através de uma rede de vasos. O sangue transporta oxigênio e substâncias essenciais para todos os tecidos e remove produtos residuais desses tecidos.

O coração é formado por quatro cavidades; as aurículas direita e esquerda e os ventrículos direito e esquerdo. O lado direito do coração bombeia sangue carente de oxigênio, procedente dos tecidos, para os pulmões, onde este é oxigenado. O lado esquerdo do coração recebe o sangue oxigenado dos pulmões, impulsionando-os, através das artérias, para todos os tecidos do organismo.

Circulação pulmonar

Podemos dividir a circulação do sangue pelo corpo em dois momentos. O primeiro seria a circulação do sangue pelo corpo propriamente dito, onde todas as células e tecidos corporais absorvem seu oxigênio e o enriquessem de gás carbônico.O sangue procedente de todo o organismo chega à aurícula direita através de duas veias principais; a veia cava superior e a veia cava inferior. Aqui podemos dizer  que finaliza-se a primeira etapa conhecida como "CIRCULAÇÃO CORPORAL".

Quando o átrio direito se contrai, impulsiona o sangue através de um orifício até o ventrículo direito. A contração deste ventrículo conduz o sangue para os pulmões, onde é oxigenado. Depois, ele regressa ao coração no átrio esquerdo. Aqui pode-se dizer que finaliza-se a segunda etapa da circulação conhecida como "CIRCULAÇÃO CORPORAL".

Quando esta cavidade se contrai, o sangue passa para o ventrículo esquerdo e dali, para a aorta, graças à contração ventricular, reiniciando a primeira etapa

 

 

 

Sistema Circulatório

Esquema do sistema circulatório.

Ramificações

As artérias menores dividem-se em uma fina rede de vasos ainda menores, os chamados capilares. Deste modo, o sangue entra em contato estreito com os líquidos e os tecidos do organismo. Nos vasos capilares, o sangue desempenha três funções; libera o oxigênio para os tecidos, proporciona os nutrientes às células do organismo, e capta os produtos residuais dos tecidos. Depois, os capilares se unem para formar veias pequenas. Por sua vez, as veias se unem para formar veias maiores, até que por último, o sangue se reúne na veia cava superior e inferior e conflui para o coração, completando o circuito.

 

 Assista aos seguintes vídeos:

A máquina humana parte I

http://www.youtube.com/watch?v=T93NnWbMtvI

 

A Máquina humana parte II

http://www.youtube.com/watch?v=L0VDUy3JUE0&feature=related

 

A máquina humana parte III

http://www.youtube.com/watch?v=4Z1KY2A6dkg&feature=related

 

 

 

 

TRABALHO DE CIÊNCIAS - INSTRUÇÕES

 

- Cada trio ou dupla recebeu o tema para pesquisa em sala de aula

 

- A partir do tema recebido, cada grupo desenvolverá duas etapas:

 

1ª Etapa: Trabalho escrito.

 

-Deverá conter capa, introdução, pesquisa sobre o tema, ilustrações e bibliografia.

- No máximo a pesquisa terá 3 páginas, digitadas com a letra Arial ou Comics Sans, tamanho 12.

 

A pesquisa deverá ser feita utilizando-se  como fonte, livros, revistas e a internet. Devem ser abordados aspectos relevantes a cada um dos temas, adicionando-se curiosidades, informações recentes sobre o tema entre outros. 

 

Para os grupos cujo tema está relacionado com dietas, adicionar efeitos destas a longo prazo, riscos associados, benefícios associados, mecanismos de funcionamento, etc

 

Para os grupos cujo tema está relacionado com alguma doença, explicar fatores desencadeadores, sintômas, prevenção e tratamento.

 

PRAZO PARA ENTREGA POR E-MAIL: 20/04/2010

 

2ª Etapa: Apresentação da pesquisa.

 

Cada grupo terá 7 minutos para apresentar os aspectos mais relevantes da pesquisa em sala de aula.  Poderão ser utilizados diferentes recursos na apresentação: Data Show, cartazes, TV, etc.

 

DATA DA APRESENTAÇÃO: Será definida em sala de aula.

VIDEOS DO SISTEMA DIGESTÓRIO PARA REVISÃO DA PROVA

 

VÍDEO I

 

 

VÍDEO II

 

VÍDEO III

EXERCÍCIOS - NUTRIENTES  

 

1- O que são alimentos?
  1. São indispensáveis à vida e são constituintes dos nutrientes
  2. Constituídos por uma mistura de substâncias simples necessárias à vida, chamadas nutrientes
  3. Nutrientes necessários em pequenissimas quantidades e têm função reguladora/protectora

 

2- As proteínas são constituintes fundamentais do organismo, porque
  1. Reparam os tecidos e têm um papel essencial no crescimento.
  2. Têm um papel essencial no crescimento.
  3. Reparam os tecidos.

 

3- A gordura é um nutriente necessário, mas o seu consumo deve ser cuidadoso, porque
  1. O excesso é um dos factores que aumenta o risco de doenças cardiovasculares, obesidade, entre outras.
  2. A sua falta é um dos factores que aumenta o risco de doenças cardiovasculares, obesidade, entre outras.
  3. É um dos factores que diminui o risco de doenças cardiovasculares, obesidade, entre outras.

 

4- O que são nutientes?
  1. Constituídos por uma mistura de substâncias simples necessárias à vida, chamadas nutrientes
  2. Nutrientes necessários em pequenissimas quantidades e têm função reguladora/protectora
  3. São substâncias indispensáveis à vida e são constituintes dos alimentos

 

5- O que é o cálcio?
  1. Mineral existente nas folhas das plantas, dentes e noutros materiais argilosos.
  2. Mineral existente nos ossos, conchas e noutros materiais calcários.
  3. Rocha existente nos ossos, conchas, e noutros materiais calcários.

 

6- As principais funções do cálcio são
  1. Fornece de energia.
  2. Regular a temperatura do corpo.
  3. Formação e manutenção de ossos e dentes saudáveis.

 

7- As principais fontes de cácio são:
  1. Leite e lacticínios
  2. Leite e manteiga
  3. Azeite e queijo

 

8- O que são lípidos?
  1. Substâncias que têm funções essencialmente energéticas
  2. Nutrientes que têm funções essencialmente energéticas
  3. Nutrientes que têm funções reguladoras e energéticas

 

 9-  O gráfico seguinte relaciona a velocidade de uma reação química catalisada por enzimas com a temperatura na qual essa reação ocorre. Podemos afirmar que:  

 

 

 

 

a) a velocidade da reação independe da temperatura. 

b) existe uma temperatura ótima na qual a velocidade da reação é máxima. 

c) a velocidade aumenta proporcionalmente à temperatura. 

d) a velocidade diminui proporcionalmente à temperatura. 

e) a partir de uma certa temperatura, inverte-se o sentido da reação. 

 

10 -  Analise as afirmações sobre avitaminoses ou doenças de carência, que são formas de estados mórbidos, ou seja, são doenças causadas pela ou carência de uma ou mais vitaminas no organismo: 

 

I - O escorbuto é uma doença que se instala pela falta de Vitamina D. 

II - O raquitismo é uma doença que surge pela falta de Vitamina C. 

III - A xeroftalmia, que pode levar à cegueira, é conseqüência da falta de Vitamina A. 

IV - O beribéri é causado pela falta de vitamina do Complexo B. 

 

Estão corretas as afirmações: 

a) Apenas I, II e III. 

b) I, II, III e IV. 

c) Apenas I e II. 

d) Apenas II e III. 

e) Apenas III e IV. 

 

 

11- A afirmação:

 

"Para emagrecer, devemos parar de ingerir carboidratos e gorduras"

 

está correta? Explique.

 

 

 

12 - Observe o seguinte gráfico:

 

 

 Responda as seguintes questões:

 

A) Quais as principais funções dos carboidratos e lipidios? Qual a velocidade de liberação de energia de cada um destes nutrientes?

 

B) O que representa cada uma das letras  apontadas no gráfico?

 

C) Esta pessoa está se alimentando corretamente?Por que?

 

Questões sobre o primeiro experimento (apenas para a 7ªC)

 

1) O que são enzimas?

 

2) Quais são os fatores que determinam a atividade de uma enzima?

 

3) Qual a enzima utilizada no experimento? Sobre qual substrato ela atua? Como podemos verificar sua atuação?

 

Experimento II - Digestão de proteínas e sucos digestivos  

 

As proteínas foram os primeiros nutrientes considerados essenciais para o organismo. As proteínas são macromoléculas presentes em todas as células dos organismos vivos. As proteínas são formadas por combinações dos 20 aminoácidos em diversas proporções e cumprem funções estruturais, reguladoras, de defesa e de transporte nos fluídos biológicos. 

 

A digestão das proteínas começa no estômago, onde as proteínas se decompõem em paminoácidos, e continua no intestino delgado pela ação das enzimas proteolíticas *que quebram as proteínas) provenientes do pâncreas e da mucosa intestinal. Também participa da digestão de proteínas o ácido clorídrico, secretado pelo estômago.

 

Nesta experiência iremos simular o processo de digestão de proteínas que acontece no estômago.

 

 

 

Materiais


- Clara de ovo cozido
- 4 tubos de ensaio numerados
- água
- suco de mamão, de limão e de abacaxi
- algodão

 

Metodologia


Coloque água no tubo 1, suco de mamão no tubo 2, de limão no tubo 3 e de abacaxi no tubo 4.

Corte a clara de ovo em cubinhos iguais e coloque um em cada tubo. Tampe com algodão e deixe em repouso por três dias  .                                           Após este período, verificar os resultados.

 

                     

Questões para estudo

 

1) Relate o que aconteceu em cada um dos tubos de ensaio.

2) Qual evidência da digestão das proteínas da clara do ovo?

 

3) Pesquise quais são as enzimas envolvidas na digestão humana das proteínas?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Procurar no site

ENVIE SEU TRABALHO                 

 

Para enviar os trabalhos, cada série deverá utilizar o seu e-mail específico:

 

Para os alunos da  7ª A:

profcastellari7a@yahoo.com.br

 

Para os alunos da 7ª B:

profcastellari7b@yahoo.com.br

 

Para os alunos da 7ªC:

profcastellari7c@yahoo.com.br